30 de janeiro de 2015

Para o Verão de 2015

Falta uma eternidade para o Verão, mas as lojas vão, aos poucos, desvendando as novas colecções. Pouco há, só mesmo o suficiente para antevermos algumas tendências e para começarmos a ter alguns objectos de desejo, pois claro. Com a premissa "pouco mas bom" em mente, são estas as minhas sugestões.

28 de janeiro de 2015

Hidratar com a Uriage

Produtos cortesia Dermclick

É sempre boa ideia fazer um post sobre plataformas on-line que vendem produtos das nossas marcas preferidas a preços imbatíveis. A Dermclick é isso mesmo. Reúne um vasto conjunto de marcas como a Uriage, Avène, Vichy, Bioderma, Anjelif, La Roche Posay, Caudalie, entre outras, a preços mais atractivos do que se comprarem numa farmácia, mesmo nos artigos que não estão com desconto. Para além do mais, têm ao dispor uma equipa farmacêutica para esclarecer as vossas dúvidas e aconselhar os melhores cuidados o que me parece muito importante porque temos que conhecer o nosso tipo de pele e perceber o que devemos ou não usar para obtermos os resultados desejados. O mesmo se aplica ao cabelo e até mesmo à maquilhagem. Este aconselhamento pode ser feito via telefone ou e-mail. Cereja no topo do bolo, comprar tudo a partir do sofá e contar com a encomenda em vossa casa dois dias depois. Se o valor total for superior a 30€, os portes são gratuitos. Com a encomenda, vêm amostras adequadas ao tipo de pele e um cartão personalizado. Podem, também, acompanhar blogue da Dermclick onde encontram artigos e dicas sobre todos os mil e um assuntos relacionados com a saúde e bem-estar. Digam lá se não são só vantagens? Ah! Quase me esquecia. Se quiserem oferecer a alguém um produto disponível no site, a Dermclick embrulha-o e junta-lhe um cartão com uma dedicatória à vossa escolha. O Dia dos Namorados está a chegar... just saying

27 de janeiro de 2015

D.I.Y. - O candeeiro na garrafa de leite

Arrumar as decorações de Natal é sempre triste. Eu, pelo menos, vou resistindo e assobiando para o lado como se Janeiro ainda não tivesse chegado. Este ano, porém, não custou tanto. Arranjámos uma forma de deixar um bocadinho dele perto de nós ao longo dos meses que se avizinham. Vejam lá.


26 de janeiro de 2015

Vencedora do giveaway Dermclick


Parabéns à Inês com quem vou entrar em contacto! Obrigada a todas pelas inúmeras participações. Não fiquem tristes porque em Fevereiro, para comemorar o quarto aniversário do blogue, vou lançar passatempos todas as semanas. Fiquem atentas! 

Branca de neve



Sábado, acordámos para este cenário. Já o adivinhávamos e o entusiasmo era tal que pus o despertador para acordar mais cedo. Quando tocou, dei um salto da cama, abri as cortinas e o nosso jardim cobria-se de branco. As crianças já faziam bonecos, os esquilos corriam apressados de trás para a frente - suponho que não gostem do frio - e os pais puxavam os filhos em pequenos trenós de madeira. Foi um dia feliz este para o qual acordámos. Vestimo-nos à pressa, decidimos ir tomar o pequeno-almoço fora e usufruir, também nós, desta espécie de conto-de-fadas que pousava sob a forma de flocos, na cidade já vestida de branco. Não havia sujidade no chão, não havia buracos na estrada ou pedras no passeio irregulares. A neve esconde as cicatrizes de uma cidade habitada por centenas de milhares de pessoas. Sob ela, tudo fica calado e casto, por isso é tão bonita. Deixo-vos com as fotografias que falam melhor do que eu.

23 de janeiro de 2015

Para o cabelo crescer saudável

Nunca tive o cabelo muito comprido e acho que isso tem a ver com a minha impaciência. Chega a um ponto em que me farto de esperar e pimba, já foi. Não ajuda muito o facto de ter uma mãe que gosta de cabelos mais curtos e diz sem quaisquer remorsos, "Sílvia, já pareces uma cigana!". Eu, que dou muita importância às opiniões dela, lá enfio o rabo entre as pernas e dou-lhe um corte. Este ano - logo no ano em que o mundo inteiro decidiu cortar o seu - estou determinada a deixá-lo crescer. Sem grandes certezas de que vou ser bem sucedida, mas o facto de os cabeleireiros aqui serem tão caros, talvez ajude. É um processo longo e chato até porque estou em crer que o meu cabelo chega a um certo ponto e fica como que estagnado. 

22 de janeiro de 2015

Carmex Moisture Plus

Batons cortesia Carmex Portugal
A minha história com batons: um na carteira, outro na outra carteira, outro ainda na outra, mais um na casa-de-banho, no quarto também faz falta, na sala para não ter que me levantar. E mesmo assim, passamos a vida desencontrados, passo a vida a comprá-los. Claro que eu não ocupo psiquiatras que têm mais que fazer com estas minhas obsessões, mas, seguramente, eles diriam que isto é um caso patológico. E deve ser. Reza a lenda que eu, quando era pequena, comia Labellos (as coisas que eu admito em público). Pois é. Podia-me ter dado para pior.

Agora, no Inverno, a coisa agrava-se. Já percebemos que cada grau subtraído do termómetro nota-se direitinho na pele, nas mãos e, claro, nos lábios. E pronto, a verdade é que é um vício, acabamos de pôr e estamos a procurá-lo cinco minutos depois. Nesta história de amor, há os preferidos. O Labello de sempre e os batons da Carmex, ambos mais do que conhecidos e com qualidade comprovadíssima. Quando cheguei aqui, fui "esbofeteada" por quinze graus negativos (isto faz-se a alguém?) e lembro-me que uma das minhas primeiras compras foi um muito urgente boião da Carmex que, diga-se, acabou em três tempos. Sílvia 1 - Frio 0.

Assim, imaginam, adorei receber em casa o Carmex Moisture Plus Transparente num packaging fino e elegante que se distingue de tudo o que a marca tem. É uma espécie de filho crescido. Ora, este que é o Santo Graal dos batons do cieiro hidrata, protege, dá volume aos lábios e, cereja no topo do bolo, funciona também como gloss, deixando um brilho acetinado bonito e perfeito para o dia-a-dia. Tem um fórmula perfeita e desliza super bem. O que se quer. Custa 7,95€ e está à venda em farmácias ou, para as pessoas que me lêem aqui de Hamburgo, encontram no Budni e no Rossmann. :) Experimentem e depois venham dizer que me amam.
laissez moi. All rights reserved. © Maira Gall.