24 de Outubro de 2014

Novembro, tens cá disto?

Feita em Outubro mas já a pensar em Novembro. Novembro... já? 

Novembro vai ser um mês bom. A viagem a Praga há muito desejada vai, finalmente, concretizar-se e, como não podia deixar de ser, voltei a pensar em Kafka e na bibliografia que devorei durante o meu primeiro semestre de faculdade nas minhas constantes viagens de comboio. Vou, finalmente, conhecer a terra do homem que me fez companhia enquanto atravessei tantas terras de tantos homens. A "Carta ao Pai" vai ser a minha leitura de viagem, mais não seja porque o meu pai faz anos e posso sempre oferecer o livro e depois pedir de empréstimo. *riso maléfico e interesseiro de seu rebento*

De resto, que não faltem roupas nestas wishlist ou não estaríamos no Laissez Moi. Este fim-de-semana, a Mango - que anda toda ela uma mãos largas - está novamente com 30% em todas as peças. É a altura ideal para trazer este vestido largueirão com um tecido tipo felpa que vai ficar a matar com as botas acima do joelho de camurça preta. Isto já está tudo pensado ou pensam que quê? Não se faz uma lista por acaso! Ou por acaso até faz visto que por acaso tropecei nesta camisola em mélange cinzento da Esprit que por acaso nem é uma marca à qual esteja atenta mas há bloggers que sigo que estão e por acaso até gostei e então veio parar à lista. Como? Por acaso. E do que gosto também muito, não fosse o meu coração grande, é do casaco de franjas da H&M que vi numa imagem de um Tumblr (raistapartam) e ainda não me saiu da cabeça. Acho tão elegante. A cor! As franjas! O cinto! Aiaiai. Por fim, esta camisa da Zara - que convido a ver em detalhe - super casual e gira e o gel para sobrancelhas da Eyeko. Diz que é tão, mas tão bom, que já ganhou prémios e as minhas sobrancelhas querem é produto premiado!

Pronto, é esta a lista. Façam a vossa mesmo que não tenham blogues porque ajuda a gerir as compras e a evitar impulsos. E com este conselho vos deixo. Agora, desamparai-me a loja e ide lá de fim-de-semana.  

22 de Outubro de 2014

Receita - Pãezinhos recheados com salmão fumado, brie e ovos


Dei de caras com este petisco pelo Instagram (@kitchendaily) e no dia a seguir estava a reproduzi-lo aqui em casa. Como é possível olhar e resistir? Não é e eu nem tento. Fui ler a receita original ao blogue Super Golden Bakes e, como de costume, adaptei-a um bocadinho. Mas avante, camaradas. É uma delícia e podemos fazer para o almoço, para o jantar, como entrada (até podem experimentar com pãezinhos mais pequenos) ou num brunch. Sei lá. Olha, façam e pronto que isto é de se comer e chorar por mais! :)

21 de Outubro de 2014

The fringe knit

Camisola com franjas Mango - Calças Forever 21
Sapatilhas VANS (cortesia Spartoo) - Bolsa & Other Stories

A Mango está com 30% de desconto (têm mais 48 horas, meninas) em grande parte das camisolas e casacos e não podia deixar de aproveitar a oportunidade para comprar mais um par delas. Esta malha preta com franjas já me estava debaixo de olho e foi a oportunidade ideal para a trazer cá para casa por uns muito simpáticos vinte eurinhos. Amen. Foi ver-me a passar o dia a abanar os braços qual flapper há muito recalcada. As franjas estão em alta nesta estação e aparecem-nos reinterpretadas, retiradas do contexto habitual para outro mais sofisticado. São a peça-chave de um look, marcam uma posição, ainda que nunca lhes deixe de estar inerente uma certa subtileza. Vocês gostam? 

20 de Outubro de 2014

Jane Kønig




Jane Kønig é a designer dinamarquesa que concebeu estas jóias bonitas que estou a usar. São em prata oxidada e o anel é adornado com uma pérola. Esta cor e estas linhas são, aos meus olhos, quase como uma mescla entre uma inspiração medieval com outra moderna e roqueira. Aliás, estes encontros inesperados são fruto da influência da estética antiga em que Jane admite imbuir o seu trabalho, pelo que não é incomum encontrar pedras preciosas antigas, marfim e outros materiais únicos nas suas criações, assim como pendentes em forma de cornos ou anéis com aquilo que parece ser o brasão de um qualquer castelo do século XV. Sabemos que não há como percorrer o mundo para a nossa criatividade viajar, também ela, para outro sítio. Assim é. As viagens são parte importante no que toca à criação destas peças. É de destinos longínquos que vêm materiais improváveis que casam em perfeita harmonia com o tradição escandinava da criadora. Sendo eu uma admiradora desta cultura e uma apaixonada pela diversidade do mundo, não me podia identificar mais com o resultado. Não deixem de visitar a página oficial para escolherem, também vocês, o acessório que vos está a faltar. Prometo-vos que é muito especial na sua simplicidade.

15 de Outubro de 2014

Cardigan


Tem jeito de menino de colégio interno bem comportado e surgiu no Reino Unido. O nome deve-se a James Brudenell, the Earl of Cardigan que costurou o seu próprio cardigan por não se sentir à vontade com a roupa que estava a usar na Guerra da Crimeia. Um facto curioso. "Ah e tal, estamos em plena guerra, vou fazer um casaquinho." Pronto, está bem. Nós agradecemos. Um cardigan não tem que ser uma seca e depende da maneira como é conjugado. É uma peça muito versátil, quentinha e confortável que pode transitar facilmente para uma noite fresca de Verão. Pois é, o James, mesmo ocupado com a guerra, sabia o que estava a fazer e não deixou nada entregue ao acaso. Nos dias mais frios, nada como usá-lo com outro casaco por cima e um cachecol bem grande. Camadas e mais camadas de possibilidades que tornam as roupas de Outono/Inverno mais interessantes. O cardigan já não é só para o avô.Car

14 de Outubro de 2014

Home perfume

Cortesia Pondera / Greenland 

Aqui em casa, se há coisa que nunca falta são velas de cheiro. Pela cozinha, pelo quarto, na sala. O meu namorado - sempre muito dramático e com aquele pragmatismo masculino - diz que as associa a um velório. A mim transmitem tranquilidade e conforto, sobretudo agora no Outono que as noites estão frias e chuvosas. Criam ambiente e perfumam a casa. Dois em um. Porém - e isto não quer dizer que vá dispensar as minhas velinhas - há soluções que duram mais tempo, como é o caso dos sticks Fruit Emotions da Greenland. Este perfume para a casa tem um aroma frutado (muito discreto) de líchia e lotus e dura até três meses. Para além do cheirinho ai-jesus-que-isto-parece-um-spa-de-luxo-na-Tailândia-que-maravilha, tem um packaging metalizado em forma de garrafa que serve como elemento decorativo e que, por sinal, encaixa na perfeição na decoração da casa. As outras opções são figo/sésamo preto e papaia/côco. À venda na Perfumes & Companhia. 

10 de Outubro de 2014

Hey, I put my new shoes on and suddenly everything's right


E pronto. Depois de muita espera e de chatear amigas em Portugal para me comprarem estes loafers da Mango - thanks S.! - eis que chegaram aos meus pés. A ansiedade era justificada. São ainda mais giros ao vivo, elegantes, confortáveis e, apesar de rasos, sou toda eu uma mulher crescida quando os uso. R-e-s-p-e-c-t, right Aretha? :) É um modelo que se estranha, mas depois se entranha. Se andam um bocado à nora sobre o que calçar, fica aqui a sugestão. Parecem-me a escolha ideal para as temperaturas ainda muito in between que se fazem sentir. 
laissez moi. All rights reserved. © Maira Gall.